Destaque Sem categoria

Crônica – “E ela vivia me agradecendo por tê-la ensinado a gozar com penetração”

Publicado por:

Meu tio Fábio, um homem sábio do interior, um dia me entregou um livro do Plutarco. Confesso que tremi diante da idéia de enfrentar, na inexpugnável solidão da leitura, as páginas com certeza brilhantes mas inevitavelmente árduas do grego. Mas, prático que é, e conhecedor das limitações de seu sobrinho como leitor, tio Fábio me avisou que desejava que eu lesse somente um trecho marcado numa determinada página. Ali se contava a história de um soldado que salvara a vida de um rei numa batalha. Um sábio imediatamente aconselhou o soldado a fugir. O soldado preferiu ficar, na esperança de ser recompensado pelo rei que salvara. Acabou morto. E logo. Quando terminei de ler essa história, imediatamente me lembrei de outro trecho de livro que tio Fábio me passara. Platão – tio Fábio sempre bebeu na sabedoria grega – contava que Sócrates disse mais ou menos o seguinte aos homens […]

Leia Mais >
Destaque Sem categoria

Palmatória Social – Escola, Governo e Família são as primeiras a ‘bater’, segundo Edyr Augusto, no seu livro Pssica

Publicado por:

No livro de Edyr Augusto, escola, governo e família são instituições incapazes de conter a naturalização de uma violência sem exclamação. São as primeiras a levantar a mão ao tapa. Edyr Augusto é um dos principais representantes de uma tradição literária que tem em Rubem Fonseca sua maior referência. Nesta escola, pouco importam as pistas para a resolução do crime ou de uma série de crimes do chamado romance policial. Importa é o pano de fundo para outra revelação: a dos vícios e violências embrenhadas e mal investigadas do próprio país. Na novela recém-publicada Pssica (Boitempo Editorial), palavra que remete a “maldição” na gíria regional, a ideia de delinquência é atualizada em seu ponto de partida; quando a arma dispara, é tarde para reconhecê-la. No livro, uma adolescente vê o mundo desabar quando vaza, entre os colegas de sua escola, em Belém, um vídeo íntimo gravado com o namorado. Expulsa de casa, deixa a […]

Leia Mais >
Destaque Sem categoria

O que define um relacionamento é o beijo, muito mais que o sexo

Publicado por:

Tenho, no meu quarto, uma reprodução de um quadro de Klimt chamado O Beijo. Está bem em frente da minha cama. Gosto de acordar com aquela imagem estranhamente grandiosa ao alcance de meus olhos míopes de escritor barato. Os pés descalços da moça, o porte majestoso do homem, as pequenas e coloridas flores do campo. Beijo. Não existe nada mais íntimo, nada que aproxime mais duas pessoas do que um beijo. Nem o sexo. Uma vez, na adolescência, ouvi uma frase que me intrigou. Tio Fabio, um homem sábio do interior, disse com sua voz estentórea de Fred Flintstone numa roda de homens: “Mil cópulas não valem um grande beijo”. Eu sequer sabia então, nem na teorioa e muito menos na prática, o que era cópula. Depois, a vida me mostraria que, mais uma vez, Tio Fabio estava certo. Sem beijo não há nada. Quando um casal não se acerta […]

Leia Mais >