Destaque Saúde

Gesso é passado: designer inventa peça que acelera recuperação de fraturas

Publicado por:

Quem nunca engessou o braço ou a perna, jamais teve a chance de exibir as canetadas e assinaturas que se tornaram “símbolo” dos tombos e quedas de bicicleta, skate e outras improváveis formas de “se quebrar” por aí.  E para quem nunca viveu nada disso,  saiba que o gesso pode estar com os dias contados. Isso porque, o designer industrial turco Deniz Karasahin desenvolveu um produto que pode ser moldado de acordo com as medidas de cada pessoa e impresso em 3D. Desenvolvido pelo turco Deniz Karasahin, o produto conecta-se a um equipamento de ultrassom. Conhecido como Osteoid, o produto possui furos que permitem melhor ventilação, além de reduzir a coceira e o mau cheiro normalmente proporcionado pelo gesso. Modernização… Além de todas as vantagens, o novo conceito de mobilização pode ser ligado a um equipamento de ultrassom que promete acelerar o tratamento, 40% mais rápido que o procedimento atual. O […]

Leia Mais >
Curiosidades Destaque

Fotógrafa mescla flores e mulheres

Publicado por:

A fotógrafa francesa Lara Kiosses se propôs a mesclar a imagem feminina com flores, numa multiplicidade de combinacões. O resultado é uma mistura de fotografia com arte abstrata, mesclando natureza e ser humano, sensualidade e fragilidade. Ela entrevistou essas mulheres e, a partir de suas histórias de vidas, buscou a inspiração.   Fonte: Catraca Livre

Leia Mais >
Destaque Sem categoria

10 passos para economizar no mochilão

Publicado por:

Para quem quer baratear o mochilão e não sabe por onde começar, vale a pena dar uma olhada na lista que o site Wanderluster preparou e ver quais atitudes você consegue mudar no seu dia a dia da viagem. Cozinhe – Talvez porque a maioria dos brasileiros faz viagens mais curtas que os estrangeiros (somente durante os 30 dias de férias anuais), ele se dá o luxo de comer fora todos os dias. Mesmo que a refeição seja feita em restaurantes baratos, ela pode pesar no custo total do mochilão. Considere fazer, se não as duas, apenas o jantar no hostel. Em geral o preço é de 1/3 do que se pagaria se comesse fora. Transporte – Por mais distantes que as cidades sejam, se houver tempo disponível, faça os trechos via terrestre. Em geral, é muito mais barato. Entre trem e ônibus, o segundo sai mais barato, como é o […]

Leia Mais >