Destaque Entretenimento

Destinos exóticos para conhecer no Brasil

A imensidão territorial do Brasil e sua diversidade natural escondem muitos lugares exóticos pelo país. Locais que mais parecem cenários de programa do Discovery Channel, mas que você também pode explorar e aproveitar.

Preparamos uma lista com cinco destinos exóticos para conhecer no território brasileiro. Prepare-se pra cair na estrada, fazer algumas trilhas e contemplar a natureza.

PENÍNSULA DE MARAÚ (BA)

A 269km de Salvador, capital baiana, a Península de Maraú reserva ao turista cachoeiras, praias, trilhas, mirantes e muito sol. São aproximadamente 40km só de extensão de areia pra curtir a praia e aproveitar um belo por do sol. Procure explorar as lagoas da região e as piscinas naturais, nas quais é possível fazer um bom mergulho inclusive na parte da noite.

CÂNION DO POTY (PI)

O Rio Poty nasce no Ceará e, em decorrência de desvios ocasionados por uma falha geológica, chega até o Piauí. A chegada ao Cânion pode ser feita de carro, moto, bike e até de barco. As fendas dos paredões proporcionam aos visitantes a oportunidade de ver escavações, cavernas e abrigos naturais. A região fica a 320km da capital do estado, Teresina.

PRAIA DO CEDRO (SP)

Para o paulista ou paulistano que quer um programa mais simples, mas não menos exótico e bacana, vale a pena descer a serra até a Praia do Cedro, em Ubatuba. Estacione o carro na estrada e desça a serrinha a pé até chegar a uma pequena extensão de areia lá embaixo. O Cedro é uma praia pequena e, longe da alta temporada, fica praticamente deserta. É possível fazer mergulho nas águas da península.

CHAPADA DOS VEADEIROS (GO)

A Chapada dos Veadeiros é um lugar único principalmente por sua formação rochosa, uma das mais antigas do mundo. Cachoeiras, grutas, córregos que formam piscinas naturais e cânions moldam a paisagem desse pedaço de território goiano, eleito pela UNESCO como Patrimônio Natural da Humanidade.

MONTE RORAIMA (RR)

Apenas 5% da área do Monte Roraima está localizada no Brasil, mais precisamente na Serra de Pacaraíma, estado de Roraima. Além da parte brasileira, se divide entre a Venezuela e a Guiana, sendo que a entrada para o turista brasileiro acontece pelo lado venezuelano. A montanha tem 2800m e sua superfície é plana. Destino ideal para quem pratica o trekking, passando pela savana, por rios e uma cachoeira, além do caminho estreito para a escalada do monte.

 

Da Redação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *