Domínio Jovem » Arquivos do Blog

Arquivos do Autor: Kadu Rachid

Destaque Mundo Digital

9 truques que vão mudar completamente a sua vida digital

Publicado por:

Algumas dicas simples sobre aplicativos e aparelhos podem facilitar e muito a nossa vida. Confira alguns truques que vão te ajudar digitalmente:

Você já viu aqui na Fatos Desconhecidos algumas dicas para facilitar a sua vida na cozinha e também para melhorar o funcionamento do seu corpo.

E é claro que não poderíamos deixar a tecnologia de lado. Por isso hoje você vai poder conferir algumas dicas simples, mas interessantes que podem mudar a sua vida digital.

1. É possível mandar mensagem inbox pra você mesmo no Facebook

 

Esse é um excelente recurso pra salvar aqueles links que você não quer perder. Uma maneira fácil de fazer isso é ir nas opções de compartilhamento de um post que você quer ver depois e selecionar a opção de “Compartilhar como mensagem privada”.

Uma janela então será aberta e você pode preencher com seu nome.

 

2.O iPhone tem um nivelador

O nivelador fica junto com a bússola e você pode usá-lo para pendurar seus quadros na posição correta. Para os perfeccionistas é uma ótima ferramenta.

 

3. O botão de volume do seu iPhone também serve pra tirar foto

Basta pressioná-lo e pronto.

 

4. O WhatsApp tem busca

Se você puxar tela com a lista das conversas para baixo quando estiver com ela aberta, a busca aparece.

 

5. Para se cadastrar mais de uma vez em um site usando seu        e-mail do Gmail, basta adicionar um ponto em qualquer            lugar do endereço

O site considera como um novo endereço, no entanto o Gmail ignora o ponto. Por exemplo se você cadastrar: seu.email@gmail.com, os emails são direcionados para seu email real: seuemail@gmail.com.

 

6. Na hora de cadastrar seu email do Gmail, você pode adicionar um “+” no endereço pra criar um filtro

 

Isso permite também que você saiba de onde estão vindo os e-mails enviados para a sua caixa de entrada. Por exemplo: seuemail+youpix@gmail.com.

 

7. O Google também serve pra fazer contas

Basta digitar no browser, por exemplo, “7 vezes 8″ e o resultado que aparece é a calculadora.

8. O If This Than That  é um serviço interessante de automatização

No entanto, ele basicamente automatiza apenas coisas simples,  para que não tenhamos que repeti-la mais de uma vez. Por exemplo, ao mudar a sua foto do perfil do Instagram, ele também atualiza a sua foto do Facebook.

9. Se você tiver iPhone e quiser trocar arquivos com outra pessoa que também tenha, pode usar o  AirDrop

o AirDrop transfere arquivos automaticamente e dispensa Wifi, Bluetooth ou qualquer possível complicação.

 

AlimentAÇÃO Destaque

Brasil prepara criadouros para a alimentação humana

Publicado por:

Cerca de 2,5 milhões de pessoas no mundo se alimentam de insetos. Será que a população brasileira vai se somar a elas? Alguns criadouros de insetos para alimentação humana já foram implantados no país.

Comer insetos é uma prática comum em várias localidades. Estima-se que cerca de três mil povos espalhados em 120 países consomem insetos regularmente em sua alimentação.

Aqui no Brasil comer esses pequenos animais não é comum, mas há quem diga que a moda pode pegar. Será mesmo? Pelo menos é no que apostam alguns empresários. Em Minas Gerais já existem criadouros de baratas, grilos, gafanhotos, entre outros insetos.

À princípio, os criadouros eram puramente para a produção de uma ração animal altamente proteica, já que os insetos são ricos em proteínas. No entanto, os empresários viram nisso uma oportunidade de negócio alimentício para humanos e então começaram a produzir também insetos para esse fim.

Embora os bichinhos pareçam nojentos, o controle de qualidade é bem grande, ou seja, eles são bem limpinhos e crescem em um ambiente estéril.

Colapso na indústria de alimentos

Parece improvável que os insetos se tornem fonte de alimentação no nosso país, no entanto, estudiosos apontam que até o ano de 2050 a população mundial poderá ultrapassar os 10 bilhões.

Atualmente, cerca de dois terços das terras disponíveis são usadas para a produção de alimentos, até lá o número deve aumentar. Isso pode criar um verdadeiro colapso na indústria de alimentos, que terá que produzir mais alimentos, em menos espaço proporcional e numa menor quantidade de tempo.

Nesse sentido, os insetos podem se tornar uma saída, pois demandam menos espaço e se reproduzem facilmente e em grande volume. Além disso, enquanto fonte de proteínas, eles podem ser mais eficientes.

Uma pesquisa realizada pela Universidade Federal de Minas Gerais apontou que os grilos, por exemplo, possuem quatro vezes mais proteínas do que as vacas. Para ter uma ideia, os grilos consomem 1,7 kg para produzir 1kg de proteína animal, enquanto as vacas necessitam ingerir 7,7 kg para produzir o mesmo 1 kg de proteína.

O mesmo vale para porcos e frangos, o porco precisa consumir 3,6 kg para produzir 1 kg de proteína animal, já os frangos 2,2. O carneiro só não perde para as vacas, ele precisa de 6,3. Por esse motivo, estudiosos afirmam que os insetos podem acabar com a fome no mundo.

Benefícios ao meio-ambiente

Além de mais nutritivos, os insetos também podem beneficiar o meio-ambiente, porque liberam menos substâncias nocivas durante a sua produção. Os porcos, por exemplo,  liberam cerca de 8 a 12 vezes mais amônia do que os grilos e 50 vezes mais do que os gafanhotos.

A amônia é um dos gases responsáveis pelo efeito estufa, quanto maior a produção animal, maior a liberação do gás, e maior também é o estrago no clima do planeta. Estrago esse que poderia ser reduzido com a inclusão deste bichinhos na nossa alimentação como fonte proteica.

Apesar de tantos benefícios, é provável que os insetos para alimentação humana necessitem romper uma grande barreira cultural, além de intensas fiscalizações sanitárias. De qualquer maneira, fica a dúvida: Será que um dia vamos comer insetos?

 

Curiosidades Destaque

13 alimentos que seu cão ou gato NUNCA devem comer

Publicado por:

Donos de bichos de estimação sempre tem dúvidas sobre o que seu companheiro pode comer. Muitas pessoas não resistem às caras de piedade que seus bichinhos fazem e acabam alimentando-os com alimentos que podem ser altamente perigosos para os animais.

Alguns alimentos que você nem tem ideia, podem ser perigosos para seu cão ou gato. A seguir você confere uma lista com 13 alimentos que você nunca deve dar para seu bicho de estimação:

Abacate

Abacate contêm uma substância chamada Persin. É inofensivo para os seres humanos mas tóxico para cães e gatos. Apenas uma pequena quantidade pode fazer seu bicho de estimação ter diarreia e vomitar.

Álcool

Muita gente acha divertido e mal sabe que o álcool interfere no funcionamento do cérebro do bicho. Alguns goles podem ser o suficiente para deixar o gatinho bêbado, podendo causar vômitos e problemas cardíacos.

Cebola

Cebola pode causar anemia em cães e gatos. Vômitos, diarréia e falta de ar estão entre alguns dos sintomas que podem aparecem no seu bichinho.

Cafeína

A cafeína pode ser fatal para seu animal de estimação. O aumento da frequência cardíaca  pode causar  palpitações, tremores, convulsões e sangramento.

Uvas

As uvas podem causar problemas no intestino do seu companheiro de estimação além de sérias complicações no fígado. Vômitos seguidos e hiperatividade são os primeiros sintomas.

Leite

Leite de vaca e derivados podem causar diarreia e outros problemas digestivos.

Macadâmia

Macadâmia é altamente tóxico para cães e gatos. Ela pode causar tremores musculares, paralisia, vômito, febre e arritmia.

Doces

 

Doces em geral podem levar à insuficiência hepática. Os sintomas iniciais são vômitos, letargia e perda de coordenação. Se o dono fizer esse tipo de alimentação eventualmente para o bicho, ele pode ter convulsões e morrer dentro de poucos dias.

Chocolate

A maioria das pessoas sabem que o chocolate faz mal para os cães e gatos. A teobromina, substância encontrada nos chocolates, pode fazer um animal vomitar, ter diarréia e sede excessiva. Ela também pode causar alteração do ritmo cardíaco, tremores, convulsões e morte.

Carne gorda e ossos

Gorduras de carnes cozidas e cruas podem causar pancreatite em cães e gatos. E, embora pareça natural para dar um osso aos animal, eles podem sufocar. Os ossos também podem lascar e causar uma obstrução ou lacerações do sistema digestivo do seu bicho.

Caqui

As sementes de caqui podem causar a inflamação do intestino delgado.

Ovos crus

Ovos crus podem causar intoxicação alimentar e uma enzima em ovos crus interfere com a absorção de vitamina B nos cães e gatos. Isso pode causar problemas de pele.

Carne crua

A carne crua podem conter bactérias que causam intoxicação alimentar.

 

Da Redação